Revista Eu Amo Caminhão - Marca Eu Amo Caminhão comemora uma década de existência


Foto: Alexandre Ruas / Reportagem: Elen Genúncio


“Sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto é realidade”. Os versos da letra da música Prelúdio, de Raul Seixas, exemplifica a premissa do projeto Eu Amo Caminhão, que completou uma década de existência este ano. Idealizado pelo empresário Roberto Nate, a marca nasceu para viabilizar um fórum sobre o roubo de cargas e a valorização da profissão do caminhoneiro.


Segundo seu fundador, o projeto desde seus primeiros passos foi pensado para ser um meio de valorizar e visibilizar para a sociedade o valor que a profissão do caminhoneiro e demais funções dentro do setor de transportes de carga rodoviário brasileiro. Roberto Nate, contou o quanto o sentimento negativo que a sociedade projetava no setor impactou na idealização de cada aspecto do projeto.


“O projeto nasceu a partir do momento em que, inserido no setor de transporte de cargas e logística, observei o quanto o transportador sofria preconceito pela visão negativa que a sociedade exprimia sobre ele. Pelo transporte de cargas rodoviário gerar transtornos para alguns aspectos urbanos, o estigma negativo estava enraizado e a necessidade de melhorar essa visão, foi o grande motivador para criar o projeto. Em conversas, logo que iniciei a carreira na área, vi o quanto o meio de abastecimento de maior importância do país precisava de um olhar mais empático, um projeto que buscasse um maior investimento em segurança, infraestrutura e organização de maneira geral. Assim o Eu Amo Caminhão nasceu da busca por unir a sociedade ao transportador e de oferecer fóruns, eventos, benefícios reais, muita tecnologia e informação.”


O evento Eu Amo Caminhão aconteceu durante sete anos na cidade paradisíaca de Búzios, península oceânica do estado do Rio de Janeiro. O fórum nacional contava com a presença do empresariado brasileiro, que debatia sobre propostas e ideias para o setor de transporte de carga patronal, já que o projeto era voltado para benefícios das empresas.


Por 12 anos, Roberto Nate foi secretário-geral do Sindicato das Empresas do Transporte Rodoviário de Cargas e Logística do Rio de Janeiro – SINDICARGA. Ao se desligar da entidade, abre o Studio 3R, empresa voltada a projetos especiais para associações, sindicatos e federações, trazendo na bagagem seu know-how do mercado de transporte e o sonho de fazer com que o TRC, responsável por 65% de toda mercadoria que abastece o país, tenha o merecido reconhecimento.


O projeto Eu Amo Caminhão retoma com nova força, numa nova fase. Agora transformado em projeto de benefícios numa carteira digital. A ideia é entregar aos caminhoneiros, empresários e microempreendedores individuais, produtos, serviços e benefícios reais. O foco é toda cadeia logística, incluindo a parte portuária, a distribuição de alimentos, o atacado e os supermercadistas.


A marca Eu Amo Caminhão oferece serviços e produtos para atender a todos. Com investimento pesado, fornece informações pertinentes ao setor, dicas importantes de saúde e lazer, através de suas redes sociais – Facebook, Instagram, blog de notícias - e da Revista Eu Amo Caminhão, espaços abertos para ouvir todos os lados.


De cara nova, a marca traz para os seus beneficiários mais do que informação patronal, mas benefícios que atendem demandas antigas dos Caminhoneiros, Empresários e Entidades relacionadas ao setor de TRC. Com um aplicativo saindo do forno, o oferecimento de uma Conta Digital que permitirá ao usuário uma experiência intuitiva, fácil de assimilar e extremamente atualizada, transforma o olhar que temos sobre o setor e seus integrantes, trazendo melhores preços para serviços e benefícios como o vale alimentação, planos de saúde e odontológico, descontos, cash back, microcrédito, além de vale pedágio, acesso a promoções, informações e serviços exclusivos.


Foto: Alexandre Ruas / Reportagem: Elen Genúncio


Roberto Nate, nos contou um pouco mais dessa nova fase, mostrando o quanto a marca está em busca de se distanciar de velhos estigmas e alcançar cada vez mais o transportador, trazendo vantagens reais ao se conectarem com o Eu Amo Caminhão.


“Hoje as empresas sofrem uma ditadura sindical que os oprimem usando convenções coletivas para manter o contrato com benefícios mais custosos e muito menos vantajosos para elas, dando garantias mínimas de bom atendimento e entregando a terceiros a responsabilidade de cuidar de um setor tão importante. A Eu Amo Caminhão vem com a proposta de garantir a liberdade do nosso contratante, respeitando a disputa de preços de mercado e oferecendo o melhor custo e benefício ao transportador. Em nossa nova parceria com grandes marcas como a Ticket, trazemos benefícios reais e que não geram prejuízos às empresas. Queremos de uma vez por todas, deixar claro que a nossa marca veio para defender o setor e oferecer o melhor e não trabalhar em cima de opressões. Queremos garantir que nosso contratante esteja satisfeito com o serviço prestado e que pague o preço justo por isso. Além do mais, nosso aplicativo está para ser lançado, com conta digital gratuita, descontos, benefícios e um programa de cashback, crédito e muito mais para os nossos futuros correntistas.”


Roberto, ainda deu sua declaração sobre o evento que marcará o retorno da marca em sua nova roupagem, um evento para comemorar seus 10 anos, onde a marca está à frente da organização do 2º Encontro Nacional de Caminhoneiros Autônomos e Celetistas, a ser realizado no próximo dia 16 de outubro, a partir das 9 horas, no Américas Granada Hotel, no centro da Cidade, que oferece toda estrutura necessária para acomodar e recepcionar os participantes. É a marca Eu Amo Caminhão sempre presente nas questões de destaque do setor.


“O convite pessoal que recebi para ficar à frente do evento é devido aos muitos anos que trabalhei no setor e sempre lutei pelas melhorias que atendessem a categoria. Assim, nada mais justo que comemorar nossa primeira década ao lado dos que fizeram parte de toda essa caminhada. É um evento marcante que traz nosso tradicional fórum, nesta ocasião, voltado às pautas dos Caminhoneiros Autônomos e Celetistas, mas é apenas a porta de entrada de muitos outros que virão. Continuaremos nossa caminhada em defesa do TRCL brasileiro e agora essa condução será cada dia mais marcante para a nossa marca que se coloca sempre disposta a oferecer o melhor aos transportadores.”

1 visualização0 comentário